-->

06/04/2011

Ensino à Distância

Caros leitores,

Diante da dificuldade em elaborar minha monografia do curso de pós graduação em logística, pois o meu curso está ligado a  EAD (Ensino à Distância), decidi abordar tudo o que envolve a EAD para ajudar alguns colegas a sanarem suas dúvidas.

Em 2006, quando resolvi retomar minha vida acadêmica, aos 35 anos de idade, questionei-me sobre dois aspectos: O que estudar e onde estudar.
Confesso que fiquei completamente perdido, pois não tinha noção de o quanto era difícil decidir sobre este assunto; até porque eu não tinha tempo devido ao meu trabalho ser muito corrido.


Diante disto, fiz um questionário básico para decidir o que estudar e onde estudar com as seguintes perguntas:


1 - O que estudar ? - Hoje em dia, a maioria das  pessoas que estudam, escolhem seus cursos simplesmente por que outras pessoas acham bom ou porque é mais fácil etc.. O ideal é você fazer uma análise crítica do seu perfil pessoal e/ou profissional, ou seja, escolha aquilo que realmente atenda as suas necessidades. Não estude pelos outros e sim por você.


2 - Tenho tempo para estudar ? É importante observar que numa faculdade presencial são aproximadamente 4 horas de aulas/dia, sem contar o tempo de deslocamento até a faculdade.


3 - Tenho como pagar ? Hoje em dia, uma faculdade presencial (dependendo do curso) cobra entre R$ 400,00 a R$ 1.000,00 a mensalidade, enquanto uma E.A.D fica entre R$ 200,00 e R$ 250,00 a mensalidade; e, dependendo da instituição, as parcelas são fixas.


4 - Quais os materiais didáticos que precisarei ? Numa faculdade presencial, os livros para pesquisa são indicados pelos professores e os alunos tem que comprar ou tiram xerox para montarem uma apostila. Na EAD o material fica disponível para download na web e a decisão de imprimir ou não é do aluno. Algumas instituições da EAD (no caso, a que eu estudei) oferecem livros impressos sem custo adicional.


5 - Qual método é melhor para mim ? Nesta questão devem ser analisados alguns aspectose, principalmente, identificar a sua necessidade, ou seja: preciso de um professor presencial para tirar minhas dúvidas ? Sou capaz de assistir e entender uma aula tele-presencial, ou até mesmo na internet ? Tenho disciplina para estudar diariamente ?


Depois de respondidas estas perguntas, e já sabendo o que vai estudar, parti para a segunda parte do questionamento que era onde estudar ?


6 - Onde estudar (instituição) ? O importante aqui é escolher uma instituição que atendas às necessidades descritas nas questões acima, ou seja, que atenda às suas necessidades e escolhas.


7 - O curso é regulamentado pelo MEC ? Existe uma grande diferença que confundem as pessoas, ou seja, o fato de a instituição ser regulamentada pelo MEC não quer dizer que o curso também o seja. Além da instituição, o curso que você escolher também tem que ser no mínimo reconhecido pelo MEC e, posteriormente, autorizado.


8 - A instituição é regulamentada pelo MEC ? O mais importante aqui é que a instituição esteja devidamente reconhecida e autorizada pelo MEC para ministrar o curso escolhido.


9 - Quais os métodos utilizados pela instituição ? As instituições, hoje em dia, oferecem, basicamente, dois métodos para o ensino EAD: O método on-line, em que tudo é feito pela internet, inclusive as aulas, material didático;  e o método semipresencial, cujas aulas são transmitidas ao vivo via satélite para o pólo (cidade) onde o aluno está inscrito.


10 - Como é feito o processo seletivo? Em algumas instituições, o vestibular é feito com a administração de redações, não havendo questões objetivas ou dissertativas, porém, para as instituições federais ou estaduais que oferecem o ensino à distância,  o vestibular é realizado na forma tradicional, com questões objetivas e dissertativas na segunda fase. O ideal é consultar a instituição antes de efetuar a inscrição. 


11 - A instituição oferece material didático ? Toda instituição deve oferecer o material didático, a diferença é a forma como é oferecido, pode ser através de apostilas para download, apostilas impressas enviadas pelos correios ou livros impressos entregues no pólo (cidade) que o aluno está inscrito.


12 - A instituição oferece suporte acadêmico ? Neste quesito, é muito importante verificar a forma do suporte acadêmico. Algumas instituições oferecem suporte através de encontros presenciais no pólo (cidade) o qual o aluno está inscrito, outras oferecem através de telefone ou até mesmo via internet no site da instituição.


13 - A instituição oferece um pólo acadêmico de qualidade ? Toda instituição de EAD tem um pólo (local) onde o aluno é inscrito. São nestes pólos que o aluno trata de toda a documentação, fazem seus encontros presenciais e realizam suas provas. Portanto é necessário verificar se a estrutura física do pólo é de qualidade, faça uma visita sem compromisso ao pólo.


Diante de todos os questionamentos acima, é claro e lógico que decidi pelo método EAD,  me matriculei no curso na qual me formei em 2008.
Para os colegas que estão decidindo pelo método de EAD, deixo aqui algumas dicas que serão muito úteis no dia a dia do acadêmico:


1 - Seja disciplinado;
2- Estude pelo menos 1h/dia;
3- Crie um vinculo de amizade com os "colegas de classe", mesmo que seja virtual pois vc vai precisar;
4- Aproveite ao máximo suas idas ao pólo.


Breve história da EAD no Brasil


A história da EAD no Brasil é muito longa, pois teve início, mais precisamente, em 1939 e, recentemente, com a criação do Instituto Universal Brasileiro que existe até hoje. Quem não se lembra ?


Hoje, no Brasil, existe uma legislação específica que regulamenta a Ensino à Distância. As bases legais para essa modalidade foram estabelecidas pela Lei de Diretrizes e Bases na Educação Nacional n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, regulamentada pelo decreto n° 5.622 de 20 de dezembro de 2005, que revogou os decretos n° 2.494 de 10/02/98, e n° 2.561 de 27/04/98, com normatização definida na Portaria Ministerial n° 4.361 de 2004.


No decreto n° 5.622 dita que, ficam obrigatórios os momentos presenciais para avaliação, estágios, defesas de trabalhos e conclusão de curso. Classifica os níveis de modalidades educacionais em educação básica, de jovens e adultos, especial, profissional e superior. Os cursos deverão ter a mesma duração definida para os cursos na modalidade presencial; Os cursos poderão aceitar transferência e aproveitar estudos realizados em cursos presenciais, da mesma forma que cursos presenciais poderão aproveitar estudos realizados em cursos à distância. Regulariza o credenciamento de instituições para oferta de cursos e programas na modalidade à distância (básica, de jovens e adultos, especial, profissional e superior).


Pré Vestibular Cidadão - EAD Grátis


Atualmente os vestibulandos que pretendem prestar um vestibular estão sempre buscando fazer um cursinho pré-vestibular. O Pré Vestibular Cidadão é gratuito e tem uma duração de apenas 14 semanas, com aulas transmitidas por teleconferência.


O único pré requisito para participar é o de ter concluído o ensino médio em uma instituição pública de ensino.

5 comentários:

elisangela disse...

gostei Robson, obrigado pls dicas!

Lohan disse...

Finalmente, meu amigo, eu apareço para realizar um comentário em seu blog!

Adorei o seu texto, cara. Bastante esclarecedor! Eu acho que não ''funcionaria'' no ensino à distância, haja vista meu desprezo pelas matérias on lines que eu tenho na faculdade.

No seu caso, é compreensível, em relação ao tempo, e tudo mais, mas, tenho certeza que você concordará que uma aula presencial é bem melhor, não?

Abração, tudo de bom!

Robinho disse...

Elisângela, brevemente estarei postando mas msg sobre o a ssunto e também sobre monografias.

Robinho disse...

Lohan,

Concordo com vc porém temos que analisar, cada caso é um caso. Existem pessoas que não tem a disponibilidade de tempo para estudar e até mesmo como foi o meu caso de ter que recuperar o tempo perdido.

Rita de Cassia Malagolli disse...

Ola Robson
Sou formada em Geografia pela UFPR, mas na verdade nunca atuei como bacharel, e hoje sinto a necessidade da licenciatura, e por isso estou cursando na UEPG, fiz o vestibular para o EAD.
Na verdade é bem mais "puxado" que o ensino presencial, vc tem que ser ate mesmo autodidata para poder estudar sozinho, mas vale mtoooo mesmo.
Um abraco.
Rita de Cassia